História de Família – Entrevista

História de Família

Qual é a sua história? Qualquer um que tenha vivido um bocado tem algo interessante para compartilhar com o mundo. O truque para escrever uma biografia ou autobiografia é tratá-la como qualquer boa história: deve ter um protagonista, um conflito central e um elenco com personagens fascinantes para manter as pessoas interessadas.

Seja para simples recordação, ou para presentear avós e netos com um livro com a história de sua família e fotos de seus descendentes, montar uma biografia desenvolve o gosto pela pesquisa e a investigação de pequenos detalhes

Uma biografia primeiramente é como um quebra-cabeça, ou um labirinto como alguns definem. É preciso conhecer diversas fases da vida da pessoa, ou diversos lados de sua personalidade para montar uma sequência dos acontecimentos que façam sentido.

Se for uma autobiografia, ela é sua, e faça-a do jeito que quiser, mas defina muito bem o objetivo de escrever sua autobiografia.

Mapeando os fatos 

Escreva a linha do tempo

Comece a escrever pesquisando. Criar uma linha do tempo da vida é uma boa maneira de se certificar que incluiu todas as datas e eventos mais importantes e te dá uma estrutura para construir a história. Você pode considerar essa a fase de formulação de ideias, então não hesite em escrever tudo que lembrar, pesquisar, perguntar num caderno de anotações.

  • Uma biografia não precisa começar com o nascimento. Você pode incluir a história familiar também. Anote informações sobre a linhagem, a vida dos seus avós, dos seus pais etc. Ter informação sobre a história familiar vai ajudar os leitores a entenderem como você se tornou a pessoa que é.
  • Anote informações sobre a infância. Qual a lembrança mais antiga? Como eram seus pais? Você tem irmãos? Sua criação foi tradicional ou não convencional?
  • O que aconteceu na adolescência? O que levou a tomar as decisões que foram tomadas?
  • Escreva sobre a carreira, os relacionamentos, filhos e qualquer evento que considere importante.

 

Entrevistando parentes

Entrevistar uma avó, um tio, um parente mais idoso,  pode ser muito emocionante para todos os envolvidos. Eles vão se sentir lisonjeados em saber que sua história ficará escrita para as gerações seguintes.

Mas até que se estabeleça uma intimidade, pode ser útil ter em mãos um questionário simples, para nortear os fatos.

Nos próximos dias vamos publicar as perguntas, mas lembre-se de não cansar o entrevistado logo no primeiro dia!!!

Pode ser que consiga fazer todas as perguntas e pode ser que logo na primeira pergunta as histórias comecem a fluir soltas.

Vá anotando tudo!!! Se não conseguir anotar, considere gravar para depois transcrever em anotações.

O que se segue é uma lista de perguntas compiladas

para lhe ajudar a montar um histórico familiar.

Pode servir para sua autobiografia ou para o seu entrevistado!!!

  1. Qual é o seu nome completo e por que você recebeu esse nome? (Inclua o nome de solteira para as mulheres.)
  2. Você recebeu seu nome em homenagem a alguma pessoa?
  3. Você tem um apelido de infância? Se sim, qual era e por que?
  4. Você já teve outros apelidos quando adulto?
  5. Como seus membros da família o chamam agora?
  6. Quando e onde você nasceu?
  7. Quem eram seus pais? Indique nome e nacionalidade.
  8. Quem eram seus avós? Indique nome e nacionalidade.
  9. Quais são os nomes completos de seus irmãos e irmãs?
  10. Você poderia me contar uma história ou qualquer memória de seus irmãos e irmãs?